Yellow is the new brown

Atenção: não há spoilers.

Imagem

 

Descobri que a brincadeira da vez no Facebook é colocar fotos de girafinhas. Essa seria a “punição” para quem não acertou a resposta de uma charada. Resolvi entrar na brincadeira, que está descrita a seguir:

 

“Responda ao enigma a seguir me mandando a resposta por mensagem para não estragar a surpresa e entregar a resposta. Se você acertar, pode manter a sua foto de perfil e eu coloco seu nome abaixo. Se errar, tem que colocar a foto de uma girafa e deixá-la por 3 dias.

DESAFIO DA GIRAFA:
3:00 da manhã. Batem na sua porta e você acorda. São seus pais que vieram pro café. Você tem manteiga, geleia de morango, mel, vinho, pão e queijo. Qual a primeira coisa que você abre?
Lembre de mandar a resposta só por mensagem se quiser participar. Mas se errar, vai ter que mudar a foto do perfil.”

Logo vieram à minha cabeça algumas alternativas lógicas. Fui eliminando todas me baseando pelas informações que o texto me seu. Após selecionar três respostas, decidi pela mais lógica.

 Mandei a resposta para uma amiga minha, que prontamente respondeu “eu pensei a mesma coisa, mas está errado.”

Imediatamente, imaginei que a resposta “certa” era minha segunda alternativa. Porém, do jeito que o texto foi escrito, ele nos induz ao “erro”. Na verdade, ao fornecer algumas informações irrelevantes, o texto dá um tiro no pé, pois coloca premissas que contradizem a resposta. Por outro lado, ao ignorar algumas informações mais relevantes, ele abre o leque de possíveis respostas lógicas.

Assim, não só me recusei a colocar a girafinha como sugeri à minha amiga que tirasse a dela. Percebi, então, algumas falácias nessa história toda.

Algumas delas estão relacionadas à charada; portanto, não as colocarei aqui, pra não estragar a “brincadeira”. Por outro lado, recomendo que aqueles que acham que “erraram” procurem saber se realmente erraram simplesmente porque o “dono da charada” estabeleceu que a única resposta certa é a dele.

Sim, isso se chama “falácia da autoridade”. Nesse caso, a autoridade é anônima, mas o poder que ela exerce é grande. Por isso, devemos fazer as seguintes perguntas: quem inventou essa charada? Como ela chegou à resposta “certa”? Qual a lógica da resposta? Será que o autor da charada aceita outra resposta, tão ou mais lógica que a sua?

Isso mostra que a entidade anônima (assim como o Mágico de Oz e o Big Brother do famoso livro 1984) pode exercer tanto poder de convencimento quanto celebridades como Hitler e Jamaica do É o Tchan.

Eu gostaria de saber daqueles que estão com a girafinha na foto de perfil qual a resposta que deram. Também queria saber deles se eles, em algum momento, questionaram se a resposta deles estava realmente “errada” e se de fato só cabe uma resposta (a do dono do jogo) nesse texto que, pra mim, está mal-escrito, por induzir ao erro. Isso é uma espécie de “falácia do dilema”.

A falácia do dilema tem bastantes adeptos e é bastante eficaz hoje em dia (não sei quanto a outras épocas). Afinal, a gente é educado na escola à base de V ou F e “Marque um X”.

Quem sabe se nós, educadores, passássemos a considerar atividades subjetivas, com elaboração de respostas com pontos de vista e raciocínios diferentes, a próxima geração não se limitaria tanto nas alternativas?

Ou talvez falte um pouco de autoconfiança pra acreditar nas nossas próprias respostas, em vez de rejeitá-las por causa de anônimos.

Quem quiser saber quais os problemas do texto, uma dica: falácia da pergunta complexa.

Quanto a mim, coloquei a fotinho de um burro; afinal, demorei a perceber que várias respostas a que cheguei podem ser consideradas e, portanto, não precisaria nem saber qual é a resposta “correta”.

Anúncios
Published in: on outubro 29, 2013 at 5:32 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://nemchama.wordpress.com/2013/10/29/yellow-is-the-new-brown/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: